Translate

Pesquisar neste blog

Criatividade: transformação



        ‎"Sou mais a palavra ao ponto de entulho.
Amo arrastar algumas no caco de vidro,
envergá-las pro chão, corrompê-las, -
até que padeçam de mim e me sujem de branco".




Criativo, o poeta Manoel de Barros transforma a linguagem e foge dos clichês, chavões e frases comuns. Ressignificando as palavras inventa imagens e faz poesia do seu quintal ao Pantanal. 






"Quem anda no trilho é trem de ferro, 
sou água que corre entre pedras: 
liberdade caça jeito." (M.B.)







"A terapia literária consiste em desarrumar a linguagem a ponto que ela expresse nossos mais fundos desejos". (M.B.)










Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Oficina de dobraduras